Buscar
  • Anita Gallo

O que é e como funciona um Laudo de Inspeção Predial?

Atualizado: 30 de jun.

Os principais defeitos encontrados em edifícios são causados pela falta de vistorias periódicas e manutenção. Os defeitos mais recorrentes são as infiltrações, fissuras, trincas, vazamentos e geralmente são relacionados aos reservatórios, coberturas e fachadas. Todos estes, e mais outros sistemas, são analisados em um Laudo de Inspeção Predial, que indicará o problema, possíveis causas e quais medidas devem ser tomadas.

Existem três tipos de Laudo de Inspeção Predial, sendo eles LTIP Inicial e Conclusivo, quando não são feitas recomendações, é verificada a estabilidade e segurança do estabelecimento, LTIP Inicial com Recomendações, quando são feitas recomendações para serviços a serem executados ou providenciados, e após a conclusão dos reparos é feito o laudo conclusivo, e LTIP Conclusivo, quando as correções do laudo inicial com recomendações foram concluídas e são atestadas a segurança e estabilidade do edifício.

Estes laudos devem ter Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) ou Registro de Responsabilidade Técnica (RRT), ou seja, acompanhamento e assinatura de um(a) engenheiro(a) ou arquiteto(a). Além disso, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, ​​a periodicidade para a apresentação do LTIP é a cada 5 (cinco) anos, e, caso não seja apresentado, o edifício recebe uma multa de aproximadamente R$9,87 por m².

No laudo de inspeção predial, são avaliadas as condições de uma edificação, auxiliando a detectar problemas, falhas ou riscos. Inicialmente, é fundamental entender a diferença entre anomalia e falha.

Anomalia é o vício construtivo, por deficiências de projeto, materiais ou execução. Já a falha é o vício de manutenção, como plano, procedimentos ou operação, problemas gerados pelo uso da edificação.

Após avaliados os problemas, o laudo de inspeção predial deve enquadrá-los como corrigíveis ou incorrigíveis e quais devem ser os tratamentos adequados. Além disso, são concedidos graus de riscos das anomalias e falhas identificadas, sendo:

Mínimo: sendo um impacto recuperável, recomendada solução em médio prazo. Regular: um impacto parcialmente recuperável, o qual provoca perda de funcionalidade sem prejuízos aos sistemas da construção, e é recomendada solução em curto prazo.

Crítico: impacto irrecuperável, que tem risco de provocar danos à saúde ou à segurança das pessoas, sendo recomendada solução imediata. A partir dos problemas reparados são informadas possíveis causas que possam ser identificadas superficialmente, tendo em vista que o Laudo de Inspeção Predial avalia a partir da percepção visual, para assim recomendar a melhor solução a ser implementada, e, dependendo do problema, pode ser recomendada a análise mais aprofundada por um profissional habilitado.

Conforme as classificações, são definidos prazos para os reparos, para assegurar que a manutenção seja feita, garantindo a segurança e saúde das pessoas que circulam pelo local. Sendo assim, o Laudo Técnino de Inspeção Predial se mostra fundamental, pois auxilia na prevenção de acidentes, facilitando o planejamento de manutenção, além de contribuir para a redução de custos, já que indica o problema e sua manutenção antes dele se tornar maior e mais perigoso.


Precisando de Laudo Técnico?

A Esfera Jr. realiza esse serviço e estamos dispostos a retirar todos tuas dúvidas e fornecer um orçamento gratuito.



35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo